Seturn - 17/01/22

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

25/04/2022 22h13

Comissão de Saúde visita Hospital Municipal Pediátrico Nivaldo Júnior

Estiveram presentes no encontro os vereadores Preto Aquino (PSD), Camila Araújo (União Brasil) e Luciano Nascimento (PTB).

A Comissão de Saúde, Previdência e de Assistência Social da Câmara Municipal de Natal visitou, nesta segunda-feira (25), as instalações do Hospital Municipal Pediátrico Dr. Nivaldo Júnior em Candelária, zona Sul, para verificar o andamento dos trabalhos, identificar problemas e providenciar soluções. Estiveram presentes no encontro os vereadores Preto Aquino (PSD), Camila Araújo (União Brasil) e Luciano Nascimento (PTB).

Durante a visita fiscalizatória, os parlamentares constataram que a unidade funciona de forma satisfatória: possui um quadro de funcionários qualificado, boa estrutura e não apresenta superlotação. O hospital não é porta aberta, ou seja, a criança e o acompanhante vão dar entrada em qualquer UPA ou hospital e, a partir do quadro clínico, o paciente será avaliado e encaminhado.

"A despeito do excelente ambiente que encontramos, o equipamento apresenta deficiências que precisam ser resolvidas. Por exemplo, a ausência de um gerador de energia constitui um problema, pois um dia pode acontecer de termos de transferir pacientes em atendimento de urgência por falta de energia. Também estão faltando alguns medicamentos. Diante disso, vamos enviar para a Secretaria Municipal de Saúde um relatório com essas carências a fim de supri-las", afirmou o presidente da Comissão, vereador Preto Aquino.

Na sequência, o vereador Luciano Nascimento passou suas impressões acerca do Hospital Pediátrico Nivaldo Júnior. "Este colegiado trabalha fiscalizando o funcionamento dos hospitais, postos de saúde e UPAs da capital potiguar. Em muitos lugares conhecemos situações difíceis, mas aqui temos um espaço organizado, equipado e com profissionais motivados. Ainda assim, tem que melhorar. Precisa de um laboratório próprio e de internet".

Já a vereadora Camila Araújo observou a ausência de um equipamento de raio X. "O exame de raio X convencional, também conhecido como radiografia, consegue registrar imagens dos ossos, órgãos e formações internas do corpo. Portanto, é fundamental que um hospital desse porte disponha desse recurso para seus pacientes", concluiu a parlamentar.

 


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo