Sesi RN - Escola

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

26/07/2011 18h17 - Atualizado em 27/07/2011 17h50

Natal Shopping alega motivos estratégicos para ficar fora do Liquida Natal

Calendário e público alvo foram principais fatores que influenciaram decisão do shopping.

Por: Felipe Gibson

notícias relacionadas

Após dez anos como um dos principais parceiros do Liquida Natal, o Natal Shopping não participará da 11ª edição do evento, marcada para ocorrer entre os meses de agosto e setembro. Por motivos estratégicos, como o calendário e o público alvo da campanha, o estabelecimento preferiu ficar de fora, porém deu liberdade aos lojistas de participarem.

Por meio da assessoria de imprensa, o Natal Shopping informa que a decisão foi tomada porque o modelo adotado pelo Liquida Natal não se alinhava com o objetivo do estabelecimento. "O posicionamento da Campanha, por ser mais popular, vai de encontro ao trabalho de qualificação que o Shopping tem feito ao longo dos últimos três anos", diz nota enviada ao Portal Mercado Aberto.

O shopping acrescenta que a data de realização do Liquida Natal foge ao calendário de liquidação do varejo e explica que as grandes marcas, entre as quais cita Arezzo, Carmen Steffens e Santa Lolla, promovem seus períodos promocionais no mês de julho, quando trazem ofertas para os últimos estoques da coleção outono-inverno.

De acordo com a nota da assessoria de imprensa, as lojas "já estão com preview ou mesmo com as coleções novas expostas nas vitrines", o que tira o sentido de uma liquidação com peças recém-lançadas no mercado.

No último dia 21 de julho, o Natal Shopping enviou uma circular aos lojistas informando que o estabelecimento não participaria do Liquida Natal, mas deixou em aberto a escolha das lojas em fazer parte do evento individualmente. O estabelecimento garante um desconto de R$ 250, referente à cota de participação do Fundo de Promoções (FPP) na campanha, aos que decidirem aderir ao evento.

O shopping esclarece que a intenção de ficar fora da campanha já havia sido manifestada no ano passado, quando o Liquida Natal completou dez anos. O valor de R$ 25 mil que seria gasto para participar do evento será investido em outras áreas, segundo informou a assessoria de imprensa do Natal Shopping.

Lojistas divididos

Principais afetados pela decisão do Natal Shopping, os lojistas estão divididos em relação ao posicionamento do estabelecimento. O presidente da Associação dos Lojistas do shopping, Gustavo Macedo, conta que alguns preferiam a continuidade da parceria entre Liquida Natal e Natal Shopping, enquanto outros entenderam a escolha e optaram por analisar a situação.

Gustavo Macedo acredita que o fato do shopping ficar fora do evento não prejudica o movimento dos lojistas que aderirem à campanha por conta própria. "Na minha visão não influencia, pois a loja oferece o desconto da mesma maneira", opina.

Para o presidente da associação, o Liquida Natal precisa de uma renovação, principalmente pelos motivos colocados pelo Natal Shopping como o calendário e o apelo popular. "É um evento importante e não pode ser tratado uniformemente", finaliza Gustavo Macedo.

CDL acredita em perda do shopping

O superintendente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Natal (CDL Natal), Adelmo Freire, acredita que quem perde na história é o próprio Natal Shopping. "Ao participar do Liquida Natal, ele investe em um serviço", afirma. Ao associar o nome à campanha, Freire conta que o estabelecimento ganha um plano de ações para atrair o cliente.

Para o superintendente da CDL Natal, o fato de não estar "vestido" para a época, afetará a participação do estabelecimento no comércio. "Perde o apelo, a movimentação que poderia ter", defende Adelmo Freire, que acrescenta a participação da concorrência como fator que reforça essa ideia.

Quanto aos motivos do shopping, o representante da CDL Natal acredita que estão relacionados às ações da Ancar Ivanhoe, que administra o Natal Shopping desde 2007. A empresa é gestora de outros 15 shoppings centers no Brasil. A assessoria de imprensa confirmou que o estabelecimento tem planos de fazer sua própria campanha de liquidação.


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo