Natal Card - Novo Endereço

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

01/09/2011 08h17

Pela 1ª vez em 2011, Copom reduz juros e fecha em 12%

Para analistas, BC cedeu a pressões a reduzir os juros.

notícias relacionadas

O Banco Central (BC), através do Comitê de Política Monetária (Copom), surpreendeu o mercado financeiro ao anunciar na quarta-feira (31), a redução da taxa básica de juros - a Selic - pela primeira vez ao neste ano.

O Copom definiu o índice em 12% ao ano, abaixo das expectativas dos analistas. O Comitê tomou a decisão de reduzir a Selic por 5 votos a 2, sem viés, ou seja, sem possibilidade de revisão até a próxima reunião, que ocorre em 45 dias.

Em nota, a autoridade monetária disse que "reavaliando o cenário internacional, o Copom considera que houve substancial deterioração consubstanciada em reduções generalizadas e de grande magnitude nas projeções de crescimento para os principais blocos econômicos".

Essa foi a sexta reunião do Copom no ano. Nas cinco vezes anteriores, houve sempre revisão para cima, no total de 1,75 ponto percentual. Com isso, a Selic passou dos 10,75%, no final de 2010, para os 12,5% que vigoravam até a reunião passada, sob a justificativa da autoridade monetária de que a economia estava aquecida e era necessário conter as pressões inflacionárias.

Analistas do mercado consideraram a decisão do Banco Central de cortar a taxa de juros de 12,5% para 12%, um movimento arriscado e o interpretaram como um sinal de que a diretoria da instituição cedeu a pressões do governo federal.

Segundo eles, a redução da Selic, mesmo com a inflação acima da meta oficial, faz crer que a autoridade monetária sucumbiu às investidas do governo, que está preocupado em evitar uma desaceleração muito forte da atividade econômica.

 

Fonte: Com informações da Agência Brasil


0 Comentário

Av. Senador Salgado Filho, 2190 - Ed. Portugal Center - 207/209 - Fone: (84) 3206-9578
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo