Seturn - 17/01/22

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

23/09/2011 15h15 - Atualizado em 23/09/2011 15h15

Susa Mineração quer exportar 1 milhão de toneladas de minério em 2012

Após novos carregamentos de 30 mil toneladas, empresa quer ampliar transporte com dragagem e ampliação no cais do porto.

Por: Felipe Gibson

notícias relacionadas

Iniciada nesta semana no Porto de Natal, a exportação de 30 mil toneladas do minério de ferro extraído no município de Cruzeta deve ser ampliada em 2012, ano em que a Susa Mineração, detentora do projeto com apoio de um grupo indiano, planeja enviar 1 milhão de toneladas do mineral para fora do Brasil. No mar potiguar desde terça-feira (23), o navio "Shaon Shoan I", de Hong Kong, recebeu a visita de autoridades hoje enquanto continuava a ser abastecido da mercadoria, que se amontoa no cais.

Representando o Governo do Estado, a governadora Rosalba Ciarlini, o vice governador Robinson Faria e o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Benito Gama, foram conferir de perto o andamento do projeto. O diretor operacional da Susa Mineração, José Fonseca Rabelo, tem um plano ambicioso para a operação. Em 2012, usufruindo da dragagem do canal do Rio Potengi e de uma ampliação do cais, 1 milhão de toneladas. Para 2013, entre 3 milhões e 5 milhões de toneladas.

Nos próximos dois meses está prevista a saída de novos carregamentos de 30 mil toneladas. O diretor operacional da Susa explica que vêm sendo estudados dois novos projetos para o minério de ferro a serem desenvoldidos no RN. Um deles, em fase de pesquisa, ocorre no município de São Tomé, a 101 quilômetros de Natal, e outro, no estágio de prospecção, na cidade de Antônio Martins, distante 350 quilômetros da capital potiguar.

A utilização da dragagem de 12,5 metros, atingida após a dragagem do canal do Rio Potengi, depende de análise da Diretoria de Hidrografia e Navegação da Marinha, segundo o diretor presidente da Companhia Docas do RN (Codern), Emerson Fernandes. Na ampliação do cais serão investidos R$ 108 milhões, com a obra sendo licitada até o fim do ano e começando em 2012. O Terminal Marítimo também contribuirá para o transporte do minério, visto que o projeto prevê a expansão de 25 metros da margem esquerda do cais.

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Benito Gama, revelou hoje planos do poder estadual de reativar a Companhia de Desenvolvimento Mineral do Rio Grande do Norte (CDM) para realizar pesquisas e firmar parcerias no setor mineral. Gama prevê ainda para outubro uma assinatura de interesse econômico de um grupo canadense, que se mostrou disposto a investir em tungstênio e ouro em Currais Novos.


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo