Sesi RN - Escola

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

04/04/2012 19h51

Cais do Porto de Natal vai ganhar mais 172 metros

Ampliação do porto de Natal vai custar R$ 108 milhões

Por: Marcelo Lima

notícias relacionadas

Com a construção do Terminal Marítimo de Passageiros e a ampliação do berço 4, o cais do Porto de Natal vai chegar a 312 metros no total. Segundo o diretor-presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern), Pedro Terceiro de Melo, o cais tem 140 metros atualmente. O Terminal de Passageiros terá 20 metros e a ampliação do cais no sentido Passo da Pátria será de 152 metros.

Além da assinatura do contrato com a empresa vencedora da licitação para a construção do Terminal Marítimo de Passageiros, o ministro dos Portos, Leônidas Cristino, também anunciou ontem a ampliação do cais do porto de Natal. A obra foi prevista inicialmente em R$ 108 milhões.

 “O projeto já está pronto. Estamos em fase de preparação para o edital. O que nos falta é a licença ambiental”, disse Terceiro de Melo. Na segunda-feira (02 )passada, o presidente da Codern se reuniu com técnicos do Instituto de Desenvolvimento Sustável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (IDEMA) para saber quais as pendências para ter o resultado da análise do projeto.

 O dirigente da Codern espera que até o dia 16 deste mês – dia da assinatura da ordem de serviço do Terminal Marítimo de Passageiros – o IDEMA já tenha se pronunciado sobre a concessão da licença.

“Já estamos atrasados, mas estamos correndo atrás”, admitiu o presidente da Codern, em relação ao prazo máximo para conclusão da obra, dezembro de 2013, com vistas a Copa de 2014. Com a ampliação, Terceiro de Melo espera que o porto receba navios de até 250 metros de extensão.

Ampliação modesta

Um projeto de ampliação do Porto de Natal muito mais complexo foi por água abaixo em janeiro deste ano quando a presidente Dilma Rousseff vetou o investimento de R$ 2 bilhões previstos no Plano Plurianual do governo Federal. O novo cais seria construído na margem esquerda do rio Potengi. Nessa margem, seria feito o transporte de contêineres e minério de ferro.

A justificativa da chefe do Executivo Federal foi que o projeto de ampliação não tinha estudos de viabilidade técnica, ambiental, econômica e social. Dessa forma, o risco para reservar recursos para a construção do cais seria arriscado.

Simultaneamente, o atual projeto de ampliação, mais modesto, estava inscrito no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2. Assim, ele se configurou como a única saída para amenizar os problemas de espaço do Porto de Natal. 


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo