Seturn - 17/01/22

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

11/04/2012 18h46

Centro de Convenções de Natal teve 290 dias de ocupação em 2011

Turismo de Eventos caminha para preencher lacuna deixada pelo turista de Sol e Mar na baixa estação

Por: Jéssica Guerra

notícias relacionadas

O Centro de Convenções de Natal, referência para a realização de eventos no Rio Grande do Norte, fechou o ano passado com saldo positivo. Nos 365 dias de 2011, 90 eventos ocuparam 290 dias."A adequação e a manutenção interna, além de ações preventivas e corretivas foram fatores que contribuíram para isso", afirma o Diretor Executivo do Centro de Convenções de Natal, Nailson Azevedo.Por ano, o equipamento é responsável pela geração de cerca de 20 mil empregos locais indiretos e temporários. 

Os números mostram que o turismo corporativo tem se consolidado como a salvação para a cadeia produtiva turística nos períodos que tradicionalmente são de baixa estação."Em noventa por cento dos casos, a atração de profissionais e estudantes de outros estados, para a realização de um evento, é exercida nos conhecidos períodos de baixa estação turística (que se estende dos meses de março a junho e de agosto a novembro). Ou seja, a alta estação do turismo de eventos é o inverso da alta do turismo de lazer", diz Nailson Azevedo.

Uma vez na cidade, o turista corporativo que vem a Natal por um motivo específico, seja ele um congresso, uma feira de negócios ou uma grande reunião, movimenta a economia ao usufruir de serviços de mais de 50 segmentos, entre eles restaurantes, hotéis e supermercados. Segundo Nailson, "o turista corporativo gasta o dobro do turista de lazer, já que disponibiliza um montante que varia entre 150 e 180 dólares por dia".

Apesar de possuir um número reduzido de seis funcionários, a administração do Centro de Convenções trabalha em um programa, através de Banco de Dados, para incentivar micro e pequenas empresas do estado. O sistema, que atualmente conta com o cadastro de 140 empreendimentos locais, funciona como elo para a comunicação entre a organização dos eventos captados e os administradores dos negócios potiguares.

Meio Ambiente

Desde o ano de 2010, a administração do Centro de Convenções de Natal se preocupa com ações ambientais. Através do Programa de Compensação de Carbono, realizado em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), a administração incentiva os clientes a usarem o transporte coletivo e materiais menos poluentes como palha de arroz. "Dependendo do grau de utilização desses aspectos, o Centro pode oferecer descontos de cinco a trinta por cento do valor do serviço", conclui Nailson Azevedo.


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo