SELECT depoimentos.*,usuarios.nome as 'autor', usuarios.email as 'email', usuarios.funcao as 'autorfuncao' FROM depoimentos INNER JOIN usuarios ON (depoimentos.idusuario = usuarios.idusuario) WHERE (depoimentos.ativo > 0) AND (depoimentos.idusuario = 30) ORDER BY depoimentos.datacadastro DESC LIMIT 0,5 Portal Mercado Aberto
RN CARD - 05-09-2016

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

Atual cenário econômico nacional e internacional.

01/02/2015 17h02

 

A queda no preço das commodities e também as expectativas de baixo crescimento e alta inflação para 2015 impactaram negativamente no principal índice da bolsa brasileira, o IBOVESPA.

O novo ministro da fazenda, Joaquim Levy, anunciou uma rodada de ajustes econômicos, que devem continuar ao longo do ano de 2015.

O Banco Central elevou a taxa de juros para 12,25%a.a., e crescem as expectativas de mais altas, principalmente pela possibilidade de a inflação estar nos patamares superiores a 7% a.a.

A confiança do mercado também foi abalada pela crise hídrica no país, que gera rumores sobre a possibilidade de racionamento de energia elétrica.

 

Nos EUA, o índice S&P encerrou o mês em queda também, e os investidores aguardam o FOMC sinalizar novo ajuste na taxa de juros. Esse é o principal fator influenciador do mercado, já que a economia continua apresentando sinais de força. O PIB 4T14 ficou abaixo das expectativas do mercado e espera-se que o 1T15 seja afetado pela situação climática e assim encerre de maneira negativa. A baixa cotação do petróleo influenciou também para baixo a inflação, o que sinaliza que o FED pode manter ainda baixa a taxa de juros.

 

O composto europeu encerrou o mês em alta, impulsionado pelo programa quantitativo de €60 bilhões por mês, que pode atingir valor superior a €1 trilhão, anunciado pelo BCE para combater o baixo crescimento e a queda da inflação na região, potencializada pela queda nas cotações do petróleo.

O euro apresentou desvalorização, motivada pela ação do BCE ter se mostrado mais forte que a expectativa do mercado, e isso fez com que aumentassem as expectativas dos lucros das exportadoras nos próximos trimestres.

 

Na China, a especulação de maior controle governamental sobre operações alavancadas no mercado financeiro gerou realizações no mercado local e levou o composto chinês a encerrar o mês em queda após oito meses de consecutivas altas.

Em 2014 o país apresentou leve alta sobre o crescimento esperado. Fechou o ano com 7,4% de crescimento, frente os 7,3% esperados. O governo deve continuar a promover leves ajustes para estimular a economia, sem grandes efeitos esperados.

 

Adm. Roberto Davi Miranda

Consultor Financeiro

e-mail: robertodavi22@hotmail.com / Twitter: @rdavimiranda

 

Indicadores (pesquisa focus)

 

19/01/15

%

SELIC

12,50

IPCA

6,67

CÂMBIO

2,80

IGP-M

5.62

PIB

0,38

PRODUÇÃO INDUSTRIAL

0,71

RELAÇÃO DÍVIDA/PIB

37,00

 

 

 


Semana com bastante volatilidade nos mercados.

18/10/2014 21h44

 

Investidores mais cautelosos causaram maior volatilidade nas principais bolsas externas durante a semana. A realização de lucros registrada no período refletiu o receio de nova onda global de desaceleração econômica, além do temor que haja deflação nos países centrais, após leitura dos dados de inflação inferiores à expectativa na China e na Alemanha.

Também seguem nos radares dos investidores as incertezas sobre quando o Federal Reserve – FED (conglomerado de bancos centrais norte-americanos) começará a subir os juros.

No Japão, o presidente do banco central (BoJ) indicou que ainda é cedo para pensar em estratégias de saída para o programa de relaxamento quantitativo, observando que, embora o FED esteja encerrando seu programa de relaxamento monetário, o próprio BoJ e o Banco Central Europeu (BCE) vão continuar seus estímulos.

A safra de balanços corporativos do terceiro trimestre de 2014 (3T14) foi direcionadora importante dos pregões dos EUA. Além disso, conforme previsto, os números sobre as construções e moradias iniciadas nos EUA em setembro superaram as expectativas, com 1.017.000 novas moradias.

A balança comercial da China registrou superávit de US$ 31,0 bilhões em setembro, ante saldo positivo de US$ 49,8 bilhões em agosto. O resultado ficou bem abaixo da estimativa de recuo a US$ 42 bilhões.

O índice de preços ao consumidor chinês registrou alta de 1,6%, mas ficou ligeiramente abaixo das projeções de alta de 1,7% e desacelerando-se ante o avanço de 2,0% registrado em agosto, em base anual. Trata-se da taxa mais baixa desde janeiro de 2010, o que acentua as preocupações com a expansão da economia chinesa e a expectativa por medidas de estímulo.

 

Adm. Roberto Davi Miranda

Consultor Financeiro

e-mail: robertodavi22@hotmail.com / Twitter: @rdavimiranda

 

Indicadores (pesquisa focus)

 

17/10/14

%

SELIC

11,00

IPCA

6,45

CÂMBIO

2,40

IGP-M

3,17

PIB

0,28

PRODUÇÃO INDUSTRIAL

-2,16

RELAÇÃO DÍVIDA/PIB

34,90

 

 

 


O embate eleitoral e o mercado.

09/10/2014 10h47

 

As pesquisas de opinião sobre as eleições presidenciais no Brasil agitam o mercado de renda variável instantaneamente.

Como já se sabe, a posição heterodoxa da política monetária atual do país não agrada aos investidores, devido ao excesso de intervenções em diversos setores. E isso se confirma a cada resultado de pesquisa eleitoral divulgado, como por exemplo nesta última quarta-feira (08/10/14), quando foi divulgada a pesquisa de segundo turno, do Instituto Paraná, divulgado pela Revista Época. O candidato do PSDB, Aécio Neves, aparece com 54% das intenções de voto, enquanto que a candidata do PT, Dilma Roussef, detém 46% do total.

Além disso, a notícia de que a candidata do PSB, Marina Silva, irá apoiar a candidatura do candidato Aécio, animou mais uma vez os mercados no After Market.

As ações da Petrobrás (PETR4), por ser em maior parte de seu capital pertencente ao governo, tem sofrido constantes rallyes de altas e baixas no mercado a cada pesquisa divulgada.

Quem gosta de fazer operações em curtíssimo prazo deve estar mais antenado às ondas de altas e baixas de papéis como este, e aproveitar os lucros, que devem vir pomposos.

Vale lembrar que o mercado de renda variável envolve riscos de perdas também.

 

Adm. Roberto Davi Miranda

Consultor Financeiro

e-mail: robertodavi22@hotmail.com / Twitter: @rdavimiranda

 

Indicadores (pesquisa focus)

 

06/10/14

%

SELIC

11,00

IPCA

6,32

CÂMBIO

2,40

IGP-M

3,49

PIB

0,24

PRODUÇÃO INDUSTRIAL

-2,14

RELAÇÃO DÍVIDA/PIB

35,00

 

 

 


CYRELA fecha acordo para desenvolver Gasômetro.

23/07/2014 12h13

 

As companhias Cyrela e Cyrela Commercial Properties (CYRE3 e CCPR3) informaram que entraram em acordo com o FII PM (Caixa Fundo de Investimento Imobiliário Porto Maravilha) para o desenvolvimento área denominada “gasômetro”, na região de Porto Maravilha, no Rio de Janeiro.

A região tem um potencial construtivo de cerca de 450 mil metros quadrados, com uso misto, que contempla shoppings centers, hotéis, residenciais e empresariais.

Notícia positiva para os papéis citados, que já apresentam alta no pregão da BM&FBovespa nesta quarta-feira dia 23/07/14.

 

Adm. Roberto Davi Miranda

Consultor Financeiro

e-mail: robertodavi22@hotmail.com / Twitter: @rdavimiranda

 

Indicadores (pesquisa focus)

 

14/07/14

%

SELIC

11,00

IPCA

6,48

CÂMBIO

2,39

IGP-M

5,04

PIB

1,05

PRODUÇÃO INDUSTRIAL

-0,90

RELAÇÃO DÍVIDA/PIB

34,80

 

 

 


GOL Linhas aéreas anuncia parceria para uso de combustível renovável de aviação.

10/07/2014 13h52

 

Em matéria veiculada pelo Valor Econômico, a companhia aérea Gol (GOLL4) anunciou a parceria com a empresa Amyris, empresa americana de biotecnologia.

Com a parceria a Gol tem o intuito de utilizar o combustível renovável, que é até 70% mais eficiente, em sua frota de Boeing 737 com rota para os Estados Unidos da América. O objetivo é que até 10% da mistura do combustível utilizado nas aeronaves seja do novo combustível.

A associação está dentro da meta de redução de emissão de carbono entre 2020 e 2050.

A notícia é de cunho informativo, mas com leve viés de positiva para as ações da companhia.

 

Adm. Roberto Davi Miranda

Consultor Financeiro

e-mail: robertodavi22@hotmail.com / Twitter: @rdavimiranda

 

Indicadores (pesquisa focus)

 

07/07/14

%

SELIC

11,00

IPCA

6,46

CÂMBIO

2,40

IGP-M

5,35

PIB

1,07

PRODUÇÃO INDUSTRIAL

-0,67

RELAÇÃO DÍVIDA/PIB

34,80

 

 

 


Anterior1|2|3|4|5|6|7|8|9|10|11|12|13|14|15|16|17|18|19Próxima

Av. Senador Salgado Filho, 2190 - Ed. Portugal Center - 207/209 - Fone: (84) 3206-9578
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo