Potigás - 03/08

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

19/02/2016 17h22

Plano quer ampliar número de pequenas empresas nas exportações

Os pequenos negócios nordestinos respondem apenas por 11,2% das exportações brasileiras. Plano Nacional de Cultura Exportadora (PNCE) pretende mudar esse quadro.

notícias relacionadas

Apesar de muitas empresas de pequeno porte terem o perfil do comércio internacional, o número de negócios que exportam mercadorias ainda é baixo, pelo menos na região Nordeste. De acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), as micro e pequenas empresas nordestinas respondem por apenas 11,2% do total das exportações brasileiras. O Plano Nacional da Cultura Empreendedora (PNCE) deve reverte esse cenário ao aumentar a quantidade de empresas com essa cultura, diversificar as exportações e ampliar a participação do país no comércio internacional.

As vantagens e ações do plano serão apresentadas oficialmente aos empresários potiguares no dia primeiro de março, às 8h30, no auditório do Sebrae no Rio Grande do Norte, pelo coordenador nacional do PNCE, Eduardo Weaver. A ideia é formar no estado um comitê gestor estadual para reunir instituições que prestam apoio e alinhar as ações desenvolvidas para que as pequenas empresas potiguares tenham o suporte necessário para chegar ao mercado global.

“O plano vai permitir que pequenos negócios tenham acesso a ações de estímulo ao comércio exterior, dependendo da maturidade. Infelizmente, o empresário brasileiro não tem essa cultura exportadora, ficando muito focado no mercado interno. Queremos reverter isso”, explica David Xavier, analista da Unidade de Acesso a Mercados do Sebrae-RN, que é um dos parceiros do PNCE. O plano está baseado em eixos, como capacitação dos empresários, e adequação de produtos, promoção das empresas, inteligência comercial e comercialização.

Além do PNCE, também será apresentado ao empresariado potiguar durante o evento o Projeto Extensão Industrial Exportadora (PEIEX), ligado à Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil). O objetivo da iniciativa é estimular a competitividade e promover a cultura exportadora nas empresas, qualificando e ampliando os mercados para as indústrias iniciantes em Comércio Exterior.

Os benefícios da adesão ao projeto serão ressaltados pelo Supervisor de Competitividade da Apex-Brasil, Tiago Terra. O programa oferece às empresas um diagnóstico gratuito com o objetivo de, posteriormente, no desenvolvimento do trabalho, apresentar soluções a fim de impactar sobre o desempenho competitivo. A programação do evento terá ainda uma palestra sobre drawback.

 

Fonte: Agência Sebrae RN


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo